Limpeza e Manutenção – procedimentos imprescindíveis para a segurança e preservação de Implantes Dentários

Limpeza e Manutenção – procedimentos imprescindíveis para a segurança e preservação de Implantes Dentários



Limpeza e manutenção são os principais aliados na preservação dos implantes dentários. Realizados em consultório em visitas periódicas, esses procedimentos simples garantem eficiência e sucesso de longo prazo a todos os pacientes que optam por esse procedimento.

A higienização e a manutenção são cuidados básicos indispensáveis à conservação não só da funcionalidade, mas também do bem-estar que os implantes proporcionam, agregando, ainda, beleza ao sorriso e ao visual, de modo geral.

Nesses casos, a recomendação apresentada pelo Dr Ricardo Dallegrave, especialista em implantodontia, é para que o paciente vá até o consultório, pelo menos uma vez ao ano, para receber orientações específicas a respeito da limpeza e da higienização dos implantes.

O especialista alerta para o fato de que, em casos particulares, é importante acompanhar a evolução total do processo para avaliar o estado geral dos ossos, que são a base e o alicerce que sustentam os implantes dentários. Essa verificação é obtida através de radiografia, realizada no próprio consultório.

O procedimento de higienização oral, realizado pelo paciente com implantes dentários, é simples. Pode ser realizado de forma semelhante ao processo feito com dentes naturais, ou seja, o paciente deve realizar a escovação, preferencialmente após as refeições, e fazer uso do fio dental, pois dessa forma, previne e evita gengivites, periodontites e cáries nos dentes remanescentes.

De acordo com Dallegrave, no caso de pacientes idosos e já desdentados totais, é importante verificar se o procedimento de higienização dos implantes está sendo feito de forma correta. Dallegrave lembra que, em alguns casos, é necessário realizar uma limpeza para remoção de tártaro e verificar se uso do fio dental está sendo feito de forma adequada.

Dr Ricardo Dallegrave ressalta ainda que, eventualmente, pode ser necessário fazer ajustes ou trocas de algumas peças usadas nos implantes. Essa necessidade deve-se à possibilidade de afrouxamento dos materiais usados nos implantes, causados pela mastigação e outros movimentos bucais. .Nesses casos, o dentista lembra que a realização de visitas periódicas, além de ajudar a detectar tais problemas, possibilita solucioná-los sem acarretar maiores dificuldades aos pacientes.
 

Inovando Sìtes